Ir direto para menu de acessibilidade.

O curso de Engenharia Agrícola

Publicado: Terça, 14 Abril 2020 12:18 | Acessos: 1114

CURSO DE ENGENHARIA AGRICOLA

A proposta do curso de Engenharia Agrícola resultou das necessidades prementes da formação de profissionais ligados à questão do agronegócio capazes de fornecer soluções de engenharia necessárias ao aumento de produtividade, diminuição de custos, preservação e conservação dos recursos naturais envolvidos.

O curso de Engenharia Agrícola da UFLA objetiva formar profissionais com conhecimento nas áreas de Engenharia Mecânica, Civil, Elétrica, Ambiental e Agronômica. Durante o curso, o estudante aprende a projetar e desenvolver sistemas de suporte à produção, atuando nas seguintes áreas: planejamento de sistemas de irrigação e drenagem; projeto e desenvolvimento de máquinas e equipamentos agrícolas; projetos de infraestrutura de construções agroindustriais e ambiência animal; planejamento de sistemas de automação e controle; planejamento e gerenciamento de produção agrícola; monitoramento agrometeorológico, previsão de safras agrícolas e zoneamento agroclimático; uso de sensoriamento remoto e fotografias aéreas no planejamento agrícola e no monitoramento ambiental; planejamento de sistemas de secagem e conservação de produtos após a colheita, bem como seu processamento, transporte e embalagem adequados; planejamento de sistemas de energização rural e desenvolvimento de sistemas alternativos de geração de agroenergia.

O curso possui uma forte característica ambiental, principalmente no que tange ao uso adequado dos recursos hídricos e do solo, atuando na conservação, qualidade e tratamento de resíduos líquidos e sólidos gerados pelos processos agroindustriais.

Sua atuação abrange o meio urbano e rural e o profissional está habilitado a exercer atividades no serviço público federal, estadual e municipal; organismos de pesquisas e experimentações; empresas produtoras de máquinas agrícolas, de mecanização agrícola, de equipamentos para beneficiamento, de classificação de produtos agrícolas; planejamento e administração de empresas rurais; no magistério; na informatização de sistemas de produção agropecuária, na consultoria e prestação de serviços técnicos, entre outros.